Resenha: Divergente, de Veronica Roth

Oi gente, tudo bem?
De tanto vocês insistirem por essa resenha, aqui está ela e eu espero que vocês gostem!
Esse é o primeiro livro de uma Trilogia.



Este livro se passa em uma Chicago futurista, onde a sociedade é dividas em facções, mais precisamente: 5.

São elas:

Abnegação: É uma fação que têm como objetivo abnegar-se de si mesmo. Os membros Abnegação são forçados a rejeitar uma vida de vaidade e auto-indulgência. O foco de suas vidas estarão em servir os outros em vez de si mesmo. Possui uma grande rivalidade com a Erudição. 

Amizade: Como a facção simboliza a felicidade e a liberdade de conflito humano, os membro geralmente usam roupas que são brilhantes e agradáveis. Possui uma rivalidade com a Franqueza.

Audácia: Consideram a virtude da coragem acima de qualquer outra, como tal, eles treinam para lutar e usar armas para preparar seus corpos para responder às ameaças e desafios, o que é necessário se quiserem sobreviver à vida a beira do perigo.

Erudição: Valoriza a inteligência e a sabedoria sobre qualquer outra virtude. Os membros concentram suas vidas na busca pelo conhecimento. Possui uma grande rivalidade com a Abnegação.

Franqueza: Acreditam que a verdade é unidimensional e em preto-e-branco, de modo que é o que eles usam. Possui uma rivalidade com a Amizade.

Em Divergente, nossa protagonista será: Beatrice Prior, uma garota pertencente a facção Abnegação. Ela mora com os pais e o irmão, Caleb. Ao completar 16 anos, todos devem fazer uma escolha que mudará para sempre as suas vidas. Eles devem escolher qual facção irão pertencer para sempre.

Porém, antes de todos fazerem a escolha, eles passam por um teste de aptidão, que pode ajudar, ou não, na definição da escolha. Quando chega a vez de Beatrice, algo da errado. Ela tem aptidão para mais de uma facção e isso significa que ela é uma Divergente. Mas ela logo é alertada a manter segredo, ser Divergente nos tempos atuais, pode ser um grande perigo.

Chega o momento em que Beatrice precisa fazer a escolha e ela tem certeza de que não quer continuar na Abnegação. Então ela escolhe a Audácia.

É na Sede da Audácia que ela irá fazer algumas amizades e muitas inimizades. Ela muda seu nome para Tris e faz de tudo para se destacar e ela consegue. Ela conhece Quatro, o instrutor do grupo. Um homem completamente sério e focado.

Ela irá descobrir que nem tudo é o que parece no governo. Ela poderá usar sua Divergência, tanto para salvar sua vida, quanto para mata-la!



Antes de eu ler o livro, eu achei que eu não fosse gostar. Não sei porque. Apenas tinha aquele pensamento "Acho que esse livro não vai ser legal", mas eu quebrei a cara, porque eu me apaixonei por Divergente. Eu mergulhei completamente na história e fiquei mega viciada.

Tris, no começo para mim, era uma personagem legal e tal, mas com o passar do livro, ela foi ficando irritante e tinha horas que eu queria entrar no livro só para dar uns tapas na cara dela! (e isso piora em Insurgente, segundo livro)

Aí temos o Quatro, ai que amor ele é! Talvez ele não demonstre isso, mas com certeza foi o que eu mais gostei nele. Ele é tão lindo, tão perfeito, ai ai.

Leiam esse livro antes do filme, por favor!


Eu recomendo muito Divergente! Valeu muito a pena, principalmente para quem gosta de distopias e tudo mais.


É isso por hoje, espero que tenham gostado! Assistam o trailer do filme ali em baixo...
















Gênero: Romance/Ação/Young Adult
Páginas: 502
Nota: 5/5 
Editora: Rocco



5 comentários:

  1. Ai eu comprei esse livro, comecei a ler mas então.. parei!
    bateu uma ressaca brava e leitura nenhuma estava fluindo =/
    mas pretendo dar continuidade ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhh, eu sei como é ):
      Faça isso, por favor haha

      Excluir
  2. Oi Ana. Li Divergente e gostei muito, em breve terá resenha dele no meu blog.
    Amei o seu blog e já estou seguindo :)
    Beijos
    All My Life in Books

    ResponderExcluir
  3. Oi adorei sua resenha...mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos. Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história....acesse o link e digite a palavra reverso..www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp

    ResponderExcluir
  4. Aiiin Divergente, minha ficção Predileta! *--*

    ResponderExcluir